Mulheres negras seguem propondo uma sociedade mais justa e plural



Dia 25 de julho é Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. A data é celebrada desde 1992, quando realizado o primeiro Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas em Santo Domingo, capital da República Dominicana, e marca a resistência e luta internacional da mulher negra no continente. No Brasil, também é celebrada nessa data Teresa de Benguela, líder quilombola de Quariterê no século 18, região de atual fronteira da Bolívia com o estado de Mato Grosso, onde era rainha coroada da comunidade de negros e indígenas.
Leia mais (07/23/2020 – 23h15)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × um =