Mulher confunde data de exame, chuta porta de posto e morre em Sardoá

0
6
Gostou do post?


Uma moradora de Sardoá, no Vale do Rio Doce, confundiu a data de um exame marcado para esta quarta-feira (15),  ficou exaltada no posto de saúde da cidade, por não ter transporte para levá-la à clínica, em Governador Valadares, na mesma região, rasgou a camisa de um funcionário e  o arranhou. Em seguida, ela chutou e quebrou uma porta de vidro, vindo a perfurar uma artéria e a morrer no local, nesta terça-feira (14).

Os médicos da unidade de saúde tentaram salvar Maria Geralda Costa de Araújo, de 47 anos, mas ela perdeu muito sangue e não resistiu, segundo testemunhas.

De acordo com o secretário de Saúde de Sardoá, José Carlos Alves, a paciente chegou à secretaria de saúde por volta das 7h30 da manhã, procurando pelo chefe de transporte, cobrando um carro para levá a Governador Valadares, onde tinha uma ultrassonografia marcada para as 9h30, mas só que o exame era no dia seguinte, segundo José Carlos.

“Só que ela já chegou agredindo o motorista. Arranhou e rasgou a camisa dele. O motorista foi para casa trocar de roupa e funcionários tentaram acalmá-la. Ela se acalmou, mas depois invadiu o centro de saúde. O pessoal só escutou um barulho e foi olhar o que era. Ela deu três chutes na porta de vidro da sala do chefe de transporte. No terceiro, o vidro quebrou e cortou a artéria dela”, contou o secretário.

“Dois médicos da unidade tentaram salvá-la, mas ela perdeu muito sangue e morreu”, lamentou o secretário, lembrando que a mulher morava na zona rural e ficou revoltada porque o carro do município não foi buscá-la em casa.

“Não havia nenhuma viagem marcada para ela nesta terça-feira. Conferimos na agenda do chefe do transporte que a viagem estava marcada para quarta-feira. Telefonei para a clínica em Governador Valadares e eles confirmaram que o exame era quarta-feira. A mulher chegou muito nervosa, agredindo o chefe de transporte, e não deu tempo dele explicar nada para ela”, reforçou o secretário.

O corpo da mulher foi levado para Ganhães, para exame de necropsia.

 

Fonte do link

Comentários no Facebook