Morte de voluntário não está ligada a alterações causadas por vacina



É enganoso que a morte de um voluntário de testes da vacina Coronavac esteja relacionada a alterações neurológicas causadas pelo imunizante. A possibilidade foi levantada em um post no site Estudos Nacionais, que especula que a vacina poderia ter causado “danos psíquicos graves”. A hipótese, como verificou o Comprova, também chegou a ser levantada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sem apresentar qualquer evidência. Especialistas ouvidos pela reportagem descartam essa possibilidade. A causa provável da morte do voluntário foi suicídio, de acordo com a Polícia Civil.
Leia mais (11/17/2020 – 09h30)

Fonte do link