Moro vai depor em inquérito que apura os atos antidemocráticos

O ex-ministro Sérgio Moro foi intimado pela Polícia Federal a prestar esclarecimentos no inquérito que apura a realização e o financiamento de atos democráticos que tramita no Supremo Tribunal Federal. O processo está sob segredo da Justiça. Moro será ouvido na condição de testemunha no dia 2 de outubro.

O depoimento será prestado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba e é motivada “em razão de ele ter ocupado, à época dos fatos, a titularidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública”, afirmou, em nota, a defesa de Sérgio Moro.

Loja de Livros 

O vereador Carlos Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro já foram intimados a depor também como testemunhas. Na quinta-feira, Carlos Bolsonaro disse que nunca produziu ou repassou conteúdo que motivasse manifestantes a cometer os atos antidemocráticos.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × um =