Moro e Lula têm maior potencial como cabo eleitoral, diz Datafolha



Com o objetivo de compreender reflexos de mudanças do cenário político brasileiro de 2019 sobre a imagem de alguns de seus protagonistas, o Datafolha elaborou um ranking com o grau de prestígio de cada um deles. São, na maioria, nomes que foram cogitados como possíveis candidatos na próxima eleição presidencial.
 
Fatos que marcaram o primeiro ano do governo Bolsonaro, a aprovação da reforma da previdência, o papel moderador do Congresso Nacional, a divulgação de conversas de Sergio Moro com integrantes da Lava Jato e a saída do ex-presidente Lula (PT) da prisão produzem ambiente de incertezas eleitorais.
 
Numa escala de zero a 10, onde zero significa nada confiável e 10 totalmente confiável, os brasileiros foram solicitados a atribuir uma nota para 12 personalidades que têm flertado com o tema recentemente.
Leia mais (01/05/2020 – 02h00)

Fonte do link