Ministro do STF dá 5 dias para governo informar situação de estoque de seringas e agulhas



O ministro Ricardo Lewandowski, do STF (Supremo Tribunal Federal), intimou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a prestar informações em até cinco dias sobre a situação do estoque de insumos necessários para a vacinação contra o novo coronavírus.

O magistrado cobrou da pasta que informe a existência de agulhas e seringas suficientes por parte da União e dos estados para a vacinação, ao menos, dos grupos prioritários indicados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19.

Lewandowski é relator da ação da Rede que trata do tema no STF. O despacho foi uma resposta à petição em que o partido afirma que o governo federal “está lançando obstáculos ao adequado emprego das vacinas que devem ser adquiridas”.

A legenda pede que, caso não haja estoque suficiente, o ministério apresente um planejamento para a compra dos insumos para o cumprimento das primeiras fases de aplicação do imunizante.

“Assim, tendo em conta o acima requerido, intime-se o Senhor Ministro de Estado da Saúde para que, no prazo de cinco dias, preste informações”, determinou Lewandowksi.
Leia mais (01/07/2021 – 17h49)

Fonte do link