MG vai lançar autorização para uso de ferrovias baseado em modelo dos EUA

O governo de Minas Gerais vai lançar um novo projeto para atrair investimentos privados em ferrovias do estado. O modelo foi baseado no que os Estados Unidos fizeram na década de 1980 e é chamado de “short lines” (linhas curtas, numa tradução livre).

Como a expressão indica, tratam-se de ferrovias que percorrem distâncias mais curtas e conectam cidades menores ou regiões às linhas mais extensas, conhecidas como troncos ferroviários.

Segundo o texto que justifica a adoção do modelo, em 30 anos, as short lines tiveram forte impacto positivo no funcionamento da logística dos EUA. A produtividade do sistema ferroviário americano triplicou, o volume de cargas quase duplicou e as tarifas caíram em cerca de 50%. Atualmente, 1 em cada 5 vagões nos EUA é movido em linhas de curta distância.
Leia mais (12/04/2020 – 16h36)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários