MG mantém ondas no Minas Consciente e avalia incluir leitos privados nos dados


Em uma reunião nesta quarta-feira (12) para discutir os resultados do Minas Consciente, programa de retomada gradual da economia do Governo do Estado, o Comitê Extraordinário Covid-19 decidiu manter as ondas do programa como estão, com oito macrorregiões na onda Amarela – onde mais aberturas são permitidas – e seis na onda Vermelha, com funcionamento apenas de serviços essenciais.

Outra deliberação do encontro foi a possibilidade de municípios que possuírem rede suplementar de saúde receberem abordagem específica para a reabertura. Na prática, significa que o estado avalia a possibilidade de considerar leitos privados na análise da situação de cada cidade. Segundo o governo, as análises serão feitas nas próximas duas semanas pelo grupo técnico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

“Isso provavelmente nos dará uma visão ainda mais próxima da realidade em relação à nossa capacidade assistencial. Se concluirmos que a cidade possui uma grande parcela da população atendida pelos planos de saúde, o ideal é que esses leitos também sejam incluídos no cálculo dos indicadores, além dos leitos contabilizados pelo SUS”, justificou o governador Romeu Zema (Novo).

Os dados dos leitos suplementares serão obtidos por meio de consulta aos dados da Agência Nacional de Saúde (ANS), onde também será levantada a parcela da população atendida pela rede suplementar.

Caso seja aprovada, a nova categoria adiciona mais um grau de especificidade ao plano, que, neste novo formato, foi incrementado com a elaboração de planos por microrregiões. A sugestão de considerar os leitos da saúde suplementar veio da mesma consulta pública que serviu de base para as novas regras.

Cidades pequenas

O número de cidades de pequeno porte, com menos de 30 mil habitantes, autorizadas a seguir para a Onda Amarela do plano diminuiu. Na semana passada, eram 362 com o coeficiente de casos menor do que 50 a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Agora, 353 cumprem o requisito.

A reportagem pediu o detalhamento das mudanças e aguarda retorno. 

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze − 8 =