Mercado da música vive uma corrida do ouro

Quem diria. O mercado de música, que foi o patinho feio por tanto tempo por causa da internet, agora está vivendo uma verdadeira corrida do ouro. As negociações de direitos autorais sobre música atingiram graus especulativos que lembram até o mercado de criptomoedas.

Por exemplo, o prêmio Nobel de literatura Bob Dylan vendeu os direitos autorais sobre a totalidade das suas composições por nada menos que US$ 300 milhões. Tem gente que acha que foi barato. A razão é que o mercado de streaming gerou uma nova dinâmica com relação à comercialização de direitos sobre as composições musicais.
Leia mais (10/24/2021 – 10h00)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários