Médica de BH receita youtubers negros para paciente que sofria com depressão

0
1
Médica de BH receita youtubers negros para paciente que sofria com depressão
Gostou do post?


Um paciente  de 22 anos recebeu, há cerca de 15 dias, uma receita inusitada da médica de Belo Horizonte Júlia Rocha. O jovem é negro, gay e evangélico e por não aceitar sua sexualidade sofria com depressão. Ao invés de remédios, a médica decidiu lhe receitar assistir vídeos de youtubers negros para lhe ajudar a tratar da doença e a receita deu certo. 

Em seu instagram Júlia escreveu que o paciente “carregava consigo uma enorme culpa por, segundo ele, não conseguir ‘corrigir sua sexualidade’ e seu afeto”. Ele estava há dois anos se tratando com psicólogos e psiquiatras, mas não estava tendo sucesso. Há cerca de dois meses ele tinha sido internado em estado grave após tentar se matar tomando remédios do pai. 

“A família já estava mobilizada para apoiá-lo, mas pra mim ele precisava se aprofundar no entendimento do seu lugar social como um homem gay, negro e periférico. Tem horas que só enxergando e conhecendo as estruturas que nos oprimem pra conseguir dar o próximo passo”, escreveu a médica. 

Júlia, que é especialista em medicina da família e comunidade, receitou para o jovem assistir aos canais dos youtubers: Spartakus Santiago e  AD Júnior e  o o jovem foi aconselhado também a ele acompanhar as intelectuais: Conceição Evaristo, Djamila Ribeiro e Juliana Borges. Foi prescrita também a leitura do livro ‘O que é racismo estrutural’ de Silvio Almeida. A receita deu certo e Júlia foi recebida com alegria pelo paciente. 

“Hoje eu o encontrei no corredor. Ele sorriu e me deu um longo abraço. Aquele instante durou uns anos. ‘Tudo bem?’ ‘Estou melhor. Bem melhor…. Li o livro…. passei a receita pra outros amigos…. Que bom! Quero marcar meu retorno com você. Alguma novidade? E ele se aproximou pra falar o segredo: Tô namorando.” concluiu a médica. 

Fonte do link