Maria Casadevall enche a câmera de porrada no filme 'A Garota da Moto'



O soco vem forte e parece atingir em cheio a lente da câmera. Depois vem outro, e mais outro, e mais outro. O espectador tem a sensação de levar uma surra virtual.

Maria Casadevall, na verdade, está esmurrando uma moldura acolchoada que circunda a lente. Um truque simples, sem computação gráfica, mas de efeito impactante.

A atriz de 32 anos emendou seu trabalho na série “Ilha de Ferro” (Globo) e “Coisa Mais Linda” (Netflix) com as filmagens de “A Garota da Moto”, uma adaptação para o cinema do seriado do mesmo nome, que teve duas temporadas no SBT entre 2016 e 2019 e hoje está disponível na Amazon Prime Video.

O longa é dirigido por Luis Pinheiro, com quem Maria já havia trabalhado antes na série “Lili, a Ex” (GNT) e na comédia “Mulheres Alteradas”, e produzido pela Mixer Films em parceira com a 20th Century Studios.

O projeto já existia há muito tempo, e foi adiado por questões de orçamento. Quando finalmente saiu, Christiana Ubach, que viveu a motogirl justiceira Joana na TV, estava grávida, e foi substituída por Maria.

O roteiro de David França Mendes, que criou a série junto com João Daniel Tikhomiroff, traz uma trama policial inédita, que se passa uns cinco anos depois da história mostrada na TV. O filho de Joana agora é feito por um ator mais velho, Kevin Vechiatto ?o Cebolinha de “Turma da Mônica: Laços”. E o tom do filme é bem menos melodramático que o da série.
Leia mais (03/02/2020 – 12h00)

Fonte do link