Maior reator de fusão nuclear do mundo começa a ser construído na França



Com orçamento de 20 bilhões de euros (cerca de R$ 127 bilhões) e o trabalho conjunto de 35 países, o maior reator de fusão nuclear do mundo finalmente começou a sair do papel. As obras de montagem da supermáquina foram iniciadas na última semana de julho no sul da França.

Batizado de Iter (Reator Internacional Termonuclear Experimental, na sigla em inglês), o aparelho pretende replicar o processo pelo qual o Sol gera energia: a fusão de átomos de hidrogênio.

Trata-se de uma técnica que, embora tenha recebido ampla atenção da comunidade internacional nos últimos 60 anos, ainda não conseguiu mostrar sua viabilidade em larga escala.

Um dos principais objetivos do Iter é justamente identificar se a fusão nuclear pode ser uma alternativa viável para a geração de energia limpa e com um combustível abundante e barato: o hidrogênio.
Leia mais (08/20/2020 – 12h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze + 17 =