Madrugada de compras na véspera da Black Friday foi menos movimentada, diz Nielsen

Além da aposta massiva de ofertas em sites e aplicativos, a Black Friday da pandemia tem uma nova característica: a mudança no horário das compras. Segundo a consultoria Nielsen, o novo comportamento dos consumidores resultou em uma madrugada de quinta para sexta-feira menos movimentada do que em 2019.

“O consumidor segue comprando e aproveitando o momento, mas percebemos um novo comportamento resultado da pandemia: a mudança no horário de compra, indicando que as vendas podem ter sido antecipadas”, afirma Julia Avila, líder de Ebit|Nielsen,

As vendas no online movimentaram, segundo a Nielsen, R$ 923,4 milhões até as 23h59 de quinta-feira (26), véspera da Black Friday. Mesmo com o movimento fraco na madrugada, as vendas tiveram crescimento nominal de 41% em relação à mesma data em 2019.
Leia mais (11/27/2020 – 21h00)

Fonte do link