Lula costura apoios com partidos da base de Bolsonaro e diz que nem o centrão salvará presidente



O ex-presidente Lula (PT) afirmou na manhã desta sexta-feira (20), em São Luís, que nem o centrão vai conseguir salvar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições de 2022.

Para o petista, que faz giro pelo Nordeste em busca do fortalecimento de sua candidatura ao Planalto, boa parte dos aliados de Bolsonaro vai pular do barco até junho do próximo ano.

“Nem o centrão vai conseguir salvar o Bolsonaro. Ele é ingovernável. Ele não é razoável do ponto de vista psicológico. Ele é muito difícil. Ele não respeita as pessoas que conversam com ele, não se dirige a ninguém”, respondeu em entrevista coletiva concedida ao lado do governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB).
Leia mais (08/20/2021 – 18h53)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários