Livro narra dramas e conquistas de alunos da favela na pandemia



“Professor, eu só tenho o espaço da cama”, disse uma garota de uma favela de São Paulo em uma aula online de educação física, em 2020. “Então vamos fazer alongamento na cama!”, respondeu o educador, que também teve alunos pulando amarelinha na ponta dos pés para não acordar o pai, que dormia ao lado, ou se exercitando na viela enquanto a mãe limpava a casa.

Vivências do ensino a distância para crianças e jovens de realidades altamente vulneráveis fazem parte de uma nova publicação do ateliescola acaia, escola que oferece gratuitamente educação de vanguarda a moradores de favelas da Vila Leopoldina (zona oeste).
Leia mais (06/27/2022 – 17h25)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários