Lideranças tóxicas exacerbaram efeitos da pandemia, aponta ONG



Com 13% da população global, as Américas e o Caribe concentram quase metade (48%) dos mortos por Covid-19 do planeta -puxados por EUA, Brasil e México, que ocupam o topo do ranking do morticínio global pela doença- e enfrentam o aumento da pobreza e extrema pobreza, das violações de direitos humanos e do assassinato de seus defensores.
Leia mais (04/07/2021 – 00h09)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários