Kalil fará reunião com Atlético e Cruzeiro para tratar público nos estádios



O prefeito Alexandre Kalil (PSD) convocou nesta quinta-feira (19/8) uma reunião entre os clubes Atlético e Cruzeiro, com a presença da administração do Mineirão, para tratar das regras de segurança da COVID-19, dentro e fora do estádio, estipuladas pela Prefeitura de Belo Horizonte. 
As cenas de aglomeração da torcida do Galo, registradas no entorno do estádio antes do jogo dessa quarta-feira (18/8), contra o River Plate, pela Copa Libertadores, irritaram o Kalil, que prometeu tomar medidas para que isso não se repita. 
"Do jeito que está não vai ter não. Isso foi um acerto entre o Mineirão e o Atlético. Primeiro, foi bom o resultado, todo mundo sabe, nunca escondi meu coração atleticano para ninguém. Mas quando vi aquela cena no Mineirão, eu desesperei. Ontem mesmo entrei em contato com o secretário de Saúde (Jackson Machado)", afirmou em entrevista ao Bom dia Minas, da TV Globo.
Em nota ao Estado de Minas, o Executivo Municipal disse que “a Guarda Municipal agiu somando forças com as equipes da fiscalização, da vigilância sanitária e com a Polícia Militar para garantir o cumprimento das medidas de distanciamento e o uso de máscaras pelas pessoas na entrada e em todo o entorno do Mineirão, na noite de ontem”. Confira a íntegra da nota: 
"A Prefeitura informa ainda que, de acordo com a Portaria SMSA/SUS-BH 0332/2021, itens 1.5 e 1.6, os assentos devem estar localizados em ambientes abertos e é obrigatório o distanciamento de um assento lateral e um assento frontal entre pessoas de grupos diferentes.

Já o controle da utilização de máscaras está previsto no item 1.4.1 do Anexo da Portaria SMSA/SUS-BH 0332/2021: “deve-se impedir a entrada de pessoas sem máscaras ou que estejam utilizando-a de forma inadequada" e este controle, assim como a checagem dos testes de Covid, são de responsabilidade dos organizadores.

Ainda conforme o documento, não está autorizada a entrada de pessoas no estádio sem a entrega do resultado negativo para a Covid-19 em teste dos tipos RT-PCR ou Teste Rápido de Antígeno realizados até setenta e duas horas antes do jogo.

As irregularidades observadas deverão ser sanadas de acordo com a legislação e, caso contrário, os responsáveis pelo evento responderão.

A Guarda Municipal agiu somando forças com as equipes da fiscalização, da vigilância sanitária e com a Polícia Militar para garantir o cumprimento das medidas de distanciamento e o uso de máscaras pelas pessoas na entrada e em todo o entorno do Mineirão, na noite de ontem (18).

Foram realizadas abordagens de orientação voltadas para a dispersão de aglomerações, bem como para conscientizar os torcedores com relação à importância do papel de cada um no respeito às regras sanitárias definidas para o retorno das torcidas ao estádio", declarou a PBH.

* Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários