Justiça penhora R$ 204 mil da Globo por anunciar participante errado no BBB11



A Globo teve pouco mais de R$ 204 mil de contas penhoradas pela Justiça de São Paulo para quitar processo movido por um homem que teve sua imagem exibida por engano no Big Brother Brasil. Em 2011, Igor Saracene Pachi entrou com ação por danos morais contra a emissora por ter imagens pessoais veiculadas na internet pelo canal como se tivesse sido selecionado para o reality.

A confusão aconteceu porque naquele ano um dos participantes que entrou no BBB chamava-se Igor Gramani. A emissora, equivocadamente, anunciou Pachi – que havia se inscrito para participar da atração, mas não foi aprovado – como participante, ao divulgar os escolhidos para a 11ª edição do reality na internet.
Leia mais (10/17/2020 – 23h51)

Fonte do link