Justiça espanhola autoriza retirada de restos mortais do ditador Franco do Vale dos Caídos



O Supremo Tribunal espanhol aprovou nesta terça-feira (24) a exumação de Francisco Franco do Vale dos Caídos, um monumental mausoléu nos arredores de Madri, alvo de uma disputa judicial entre o governo do social-democrata Pedro Sánchez e os descendentes do ditador.

“Os seis juízes do tribunal decidiram por unanimidade negar em sua totalidade o recurso interposto pelos parentes de Francisco Franco em conexão com a exumação […] acordada pelo governo”, afirmou o tribunal em um breve comunicado.

“Hoje conquistamos uma grande vitória para a democracia espanhola. A determinação de reparar o sofrimento das vítimas do franquismo foi o que guiou a ação do governo”, afirmou Sánchez no Twitter.

Com esta decisão, os juízes validam não apenas a exumação dos restos mortais no Vale dos Caídos, como também a decisão do governo de enterrá-lo com sua esposa no discreto cemitério de El Pardo, no norte de Madri.
Leia mais (09/24/2019 – 10h26)

Fonte do link