Jovem é preso após tentar vender celular furtado para o próprio dono em BH


Um jovem de 24 anos foi preso em flagrante no Centro de Belo Horizonte na tarde deste sábado (4) no momento em que ia vender um celular furtado. Ele não contava que o suposto comprador era o próprio dono do aparelho.

Segundo a Polícia Militar, a vítima, um homem de 28 anos, viu em um site de vendas o anúncio de um Galaxy Note 10 plus, muito parecido com o seu, que foi furtado há algumas semanas dentro de uma lanchonte, que não teve a sua localização informada.

Após chamar o vendedor para conversar e pedir informações sobre o celular, ele constatou que o aparelho era mesmo o seu, por causa do e-mail que estava cadastrado em seu sistema. Ele, então, marcou de encontrar o suspeito na rua dos Tupis e combinou de pagar R$ 3 mil no smartphone, cujo valor de mercado é de aproximadamente R$ 4,5 mil.

Emboscada

A vítima foi até à 4ª Companhia da PM e repassou as informações sobre o caso e o vendedor aos militares, que ficaram aguardando a chegada do criminoso no local e horário marcado.

Assim que ele chegou e foi identificado, ele foi preso, pois não tinha os documentos fiscais do produto. De acordo com o boletim de ocorrência, o provável dono do celular não soube dizer se o anunciante foi a pessoa que o furtou, mas afirmou que o homem trabalhava no local em que o crime aconteceu.

O suspeito foi levado para a Central de Flagrantes (Ceflan) 2 da Polícia Civil, no bairro Santa Tereza, região Leste da capital, e deve responder pelo crime de receptação. O aparelho foi apreendido.

Fonte do link