Jair Bolsonaro monta roteiro de inaugurações de obras iniciadas por Lula e Dilma



Em clima de campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro preparou um cronograma de inaugurações de obras de infraestrutura que, em sua maioria, foram iniciadas nos governos de Lula e Dilma Rousseff (PT).

Das 33 obras que promete inaugurar no segundo semestre, 25 foram planejadas pelos petistas, 2 começaram a ser executadas no governo Michel Temer (MDB) e 6 saíram do papel no atual governo, sendo que algumas já eram discutidas nas gestões passadas.

As obras rodoviárias representam mais da metade do pacote de entregas, mas apenas uma das 18 intervenções foi inteiramente conduzida pelo atual ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas —a construção da ponte sobre o rio Paranaíba, na BR-235/PI, entre as cidades de Santa Filomena, no Piauí, e Alto Parnaíba, no Maranhão. O restante fez parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), criado pelo governo do PT em 2007.

É o caso da duplicação da BR-116, tanto na Bahia quanto no Rio Grande do Sul, da duplicação de diversos trechos da BR-101, englobando Alagoas, Sergipe e Espírito Santo, da construção da BR-230, no Pará, conhecida como rodovia Transamazônica, ou mesmo da construção da ponte do Abunã, que ligará Rondônia ao Acre sobre o rio Madeira.
Leia mais (08/29/2020 – 23h16)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro + dezessete =