Investidor estrangeiro vê Brasil como mau exemplo no meio ambiente, diz em Davos presidente do Itaú

O presidente do banco Itaú Unibanco, Candido Bracher, sai do Fórum Econômico Mundial, em Davos, aliviado com os bons resultados apresentados pela equipe econômica. Apesar de não ver um “big bang” nos investimentos estrangeiros em 2020, diz acreditar que o cenário é de expansão dos negócios diante da nova realidade de juro baixo no Brasil.

No entanto, Bracher ficou preocupado com a visão, já recorrente entre os investidores estrangeiros, especialmente europeus, de que o Brasil não é um país ambientalmente correto.

“É muito difícil formar um juízo sobre o que acontece no meio ambiente, porque há muita informação desencontrada. Mas, do ponto de vista de comunicação, estamos muito mal. Em qualquer fórum aqui na Europa o Brasil é visto como um mau exemplo de proteção ambiental”, afirma.
Leia mais (01/24/2020 – 14h15)

Fonte do link