Influenciadora que criticou versão em quadrinhos de Anne Frank vende obra em sua livraria

A ex-DJ e influenciadora digital Pietra Bertolazzi, que criticou a escola Móbile, de São Paulo, por usar a versão em quadrinhos em inglês do “Diário de Anne Frank”, na qual vê erotização da personagem, vende a obra em sua livraria na internet.

No post da semana passada, Bertolazzi disse que o livro é nojento, tem trechos sobre mulher pelada e tamanho de vagina, e que o uso dele em sala de aula causou indignação entre os pais.

Procurada pelo Painel S.A., Bertolazzi afirma que tem em sua livraria inúmeros autores dos quais discorda.

“Sempre bato na tecla de que você precisa conhecer os seus inimigos melhor do que os seus aliados. Na minha livraria, vendo livros de Karl Marx, Engels, Simone de Beauvoir, e já vendi vários outros autores que eu abomino”, diz. ?
Leia mais (06/06/2021 – 13h08)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários