Inflação domina comentários sobre economia com reprovação em rede social, diz pesquisa

O burburinho de rede social, quando o assunto é economia, segue tomado pela inflação, segundo monitoramento feito entre 17 e 23 de maio pela agência de análise de dados e mídia .MAP com base na avaliação qualitativa de publicações no Facebook e no Twitter. A reprovação supera 80%, impulsionada pela alta nos preços dos combustíveis e dos alimentos.

A dificuldade de emprego teve mais de 17% de participação no debate dos internautas sobre a economia, e o mercado de trabalho, quase 20%, com desaprovação de 97%. As discussões em torno de licitações e privatizações encaminhadas pelo governo tiveram quase 17% de participação e 20% de apoio, segundo a pesquisa.
Leia mais (05/26/2022 – 15h49)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários