Indústria brasileira de brinquedos espera produção histórica com coronavírus

A Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos) afirma que o surto de coronavírus, que paralisou a produção na China, pode ser uma oportunidade para as fábricas brasileiras.
 
Segundo Synesio Batista, presidente da entidade, as fábricas da China precisam estar plenamente recuperadas até abril para atenderam aos pedidos relativos ao Dia das Crianças no Brasil, caso contrário, não conseguirão nem produzir e muito menos enviar os produtos até a data comemorativa em outubro. Pelo cenário atual, é pouco provável que a produção chinesa retome plenamente nos próximos dois meses.
 
“O que está se descortinando é a tempestade perfeita e, se eles não derem conta, nós estamos aqui preparados, com capacidade instalada e vontade de fazer”, afirma Batista. 
Leia mais (02/26/2020 – 19h51)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × 4 =