Hospital em Portugal acusa homem com dores de carregar drogas no intestino



Em 23 de setembro, uma quinta-feira, Jorlan Nestlehner Vieira, 35, dirige-se ao Hospital Lusíadas, em Lisboa, com fortes dores lombares. São cerca das 9h45 e entra numa consulta de urologia. Depois de observado, o médico pede-lhe para fazer uma tomografia computadorizada. Entra na emergência, faz a triagem, coloca uma pulseira. Depois de analisado o exame, outra médica comunica-lhe: “O Jorlan tem aqui duas massas radiodensas no intestino de cerca de dois centímetros de diâmetro.”
Leia mais (12/07/2021 – 18h01)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários