Homens e outros mal-entendidos

0
6
Gostou do post?



Meu pai era um homem dos anos 1950, não homofóbico, que costumava dizer: “Fulano é tão gentil e educado que até parece uma moça”. A frase simpática e bem intencionada esconde, no entanto, um erro crasso. Um dos equívocos no reconhecimento de um modelo viril não violento é a ideia de que um cara legal é feminino. Isso equivale a dizer que uma mulher num cargo de liderança é competente por ter traços masculinos. As mulheres não perdoam esse tipo de comparação misógina, pois querem ver reconhecida a potência feminina. Elogiar os homens a partir da paleta de qualidades “femininas” tem sido recorrente e incorre no mesmo engano.
Leia mais (02/19/2019 – 02h00)

Fonte do link

Comentários no Facebook