Holocausto se torna ingrediente para novas alianças geopolíticas em meio à Guerra da Ucrânia



Quando o chanceler russo, Serguei Lavrov, disse que acreditava que Adolf Hitler “tinha sangue judeu”, colocou mais lenha na fogueira da memória do Holocausto, que incendeia as agendas político-ideológicas contemporâneas.
Leia mais (05/05/2022 – 23h15)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários