Grêmio e Flamengo ficam no 1 a 1 em Porto Alegre


Tudo igual no primeiro jogo da semifinal brasileira da Copa Libertadores. Ontem à noite, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, Grêmio e Flamengo ficaram no 1 a 1, gols de Pepê e Bruno Henrique, e deixaram a decisão para o dia 23 de outubro, no Maracanã. Quem vencer o jogo de volta está na final. Empate por 0 a 0 classifica os cariocas. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis, e empate por dois ou mais gols dá a vaga para os gaúchos.

 

O jogo

 

O Flamengo começou a partida como se estivesse atuando no Maracanã. Foi dono das ações ofensivas e criou praticamente todas as chances de gol do primeiro tempo. Chegou, inclusive, a mandar duas bolas para a rede. Mas, o VAR anulou os dois gols. O primeiro por falta de Gabriel em Geromel, e o segundo porque Gabigol estava impedido. O árbitro de vídeo foi acionado pela terceira vez nos primeiros 45 minutos depois de uma falta de Michel sobre Gerson. O fato é que o Grêmio só apareceu no campo de ataque depois dos 30 minutos. O 0 a 0 da etapa inicial acabou sendo lucro para o Grêmio.

No segundo tempo, o Grêmio voltou um pouco melhor e levou perigo para o goleiro Diego Alves, que teve que trabalhar pelo menos três vezes.

Quando o time gaúcho vivia seu melhor momento na partida, o Flamengo abriu o placar. Aos 23 minutos, Arrascaeta cruzou na área, e Bruno Henrique subiu mais que Galhardo para fazer o gol. Na base do desespero, o Grêmio se mandou para frente. E foi premiado com o gol de empate, marcado por Pepê, aos 42 minutos, depois de cruzamento de Everton. Daqui a três semanas, promessa de mais emoção no Rio.

Fonte do link