Governo flexibiliza medida e libera bancos a pagarem mais dividendos em 2020

Os bancos brasileiros foram autorizados a remunerar mais seus acionistas neste ano após uma decisão do CMN (Conselho Monetário Nacional) anunciada nesta quarta-feira (23). O órgão flexibilizou uma resolução anterior, que limitava os pagamentos para assegurar recursos ao sistema financeiro para o enfrentamento da Covid-19.

A restrição original havia sido adotada em abril, no início da crise, para fortalecer o caixa dos bancos, manter o fluxo de crédito na economia, assegurar estabilidade ao sistema financeiro e suportar eventuais perdas decorrentes do cenário adverso.

Na época, foi vedado o pagamento de dividendos ou juros sobre capital próprio acima do mínimo previsto em lei ou, no caso das sociedades limitadas, acima do previsto em contrato social. A medida era válida até o fim de setembro e, em maio, foi prorrogada até o fim do ano.
Leia mais (12/23/2020 – 19h44)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários