Governo de SP quer usar espaço vago em universidade para aluno de ensino médio



O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (22) o programa Educa São Paulo, que destina laboratórios e salas de aulas em universidades para atender estudantes do ensino médio da rede estadual.

O plano da gestão João Doria (PSDB) é que até 30 mil alunos sejam atendidos neste ano no contraturno escolar.

Para o futuro, o governo afirma que será possível atender até 300 mil estudantes anualmente.

Os conteúdos a serem oferecidos aos estudantes poderão ser definidos pelas universidades participantes do programa. A adesão será voluntária e está aberta a instituições de ensino superior tanto públicas como privadas.
Leia mais (02/22/2019 – 15h41)

Fonte do link

Comentários no Facebook