Google é alvo de terceira ação antitruste em 2 meses

Uma coalizão de 38 estados americanos abriu um processo antitruste contra o Google em que o acusa de manter poder de monopólio sobre o mercado de buscas na internet, por meio de contratos e práticas anticompetitivas.

Os estados argumentam que o Google se utiliza de sua posição de líder nas buscas -e dos dados pessoais que essa vantagem permite que a empresa reúna- para limitar o uso de mecanismos de pesquisa concorrentes por parte do consumidor, forçar as empresas a recorrer a suas ferramentas de publicidade e impedir a concorrência de serviços especializados de viagens ou negócios locais.

“Como portão de entrada para a internet, o Google vem sistematicamente degradando a capacidade de outras companhias para ganhar acesso aos consumidores”, dizem os estados na queixa com relação aos negócios de busca e de publicidade da empresa.
Leia mais (12/17/2020 – 23h15)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários