Funcionário da Cemig denuncia cliente que o chamou de 'preto ladrão' em BH


Um funcionário da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) fez um boletim de ocorrência na tarde desta terça-feira (21) para denunciar que sofreu injúria racial de um cliente da empresa em uma agência de Venda Nova.

Segundo a vítima, que tem 30 anos, há uns dias, o autor, um idoso de 65 anos, pagou uma conta duas vezes. O funcionário, então, preencheu a solicitação para ser feita a restituição do valor pago, cujo prazo para ressarcimento seria até o dia 2 de fevereiro.

Porém, o idoso chegou à agência da Cemig que fica na rua Bernardo Ferreira da Cruz, bastante alterado e gritou: “A culpa é daquele escurinho bandido que registrou meu serviço errado”. Após isso, o suspeito ainda o chamou de “preto e ladrão”, e afirmou que a Cemig deveria escolher melhor os seus funcionários.

Além disso, por cinco vezes, de acordo com a vítima, o idoso o xingou de “preto safado”. A ação foi testemunhada por outros funcionários da estatal, que também foram à delegacia.

Por meio de nota, a Cemig informou que está acompanhando o caso junto às autoridades e oferecendo todo o apoio ao trabalhador. “A Cemig repudia demonstrações de ódio e intolerância e toda e qualquer expressão de violência, especialmente as firmadas em pensamentos racistas e discriminatórios”, diz.

O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Venda Nova, porém, o órgão ainda não se manifestou sobre o caso.

Fonte do link