Formação médica: nada será como antes



Tradicionalmente, os médicos são formados para desenvolver sua atividade dentro do hospital. Esse modelo remonta a 1910, quando o Relatório Flexner inspirou uma grande reforma das escolas médicas nos Estados Unidos e no mundo. Os professores ensinavam com base em sua vivência prática (não em evidências), e o conceito era de absoluta autonomia dos médicos para decidir o que era melhor para o paciente. No início dos anos 1970, a medicina baseada em evidências impôs limites a essa autonomia. Mas, como vimos na pandemia, ela ainda é usada para justificar a prescrição de medicamentos comprovadamente ineficientes.
Leia mais (12/03/2021 – 17h50)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários