Fiança de torcedor do Boca acusado de racismo foi paga por consulado argentino



Acusado de racismo contra torcedores corintianos, o comerciante argentino Leonardo Ponzo, 42, não pagou sequer a fiança de R$ 3 mil imposta a ele. O valor foi quitado pelo consulado argentino em São Paulo.
Leia mais (04/27/2022 – 17h27)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários