Família busca engenheiro desaparecido desde a última segunda-feira em BH


Encontra-se desaparecido desde o início da tarde dessa segunda-feira (23), Sanderley Fabrício Bastos, de 39 anos. Ele foi visto pela última vez por uma conhecida dentro do ônibus 2550 (Contagem/Belo Horizonte), na avenida Amazonas, no bairro Barroca, região Oeste, por volta das 15h. Depois disso, nenhuma pessoa próxima teve mais notícia dele. A família procurou a polícia, registrou boletim de ocorrência e, desde então, aguarda notícias.

De acordo com familiares e amigos, Sanderley não apresentava nenhum sinal que justifique o sumiço. Do mesmo modo, asseguram que ele não tem qualquer envolvimento com drogas, dívidas ou outra situação que pudesse motivar o desaparecimento.

“Ontem (segunda-feira), ele foi trabalhar normalmente, como num dia normal. Por volta de 13h, voltou para almoçar em casa (no bairro Eldorado), deixou a moto e saiu a pé. Desde então, não temos mais notícias. Ele não comentou nada conosco, nem com a esposa, sobre se estaria com algum problema. Eles não brigaram, ele não tem dívida, não bebe. Aparentemente, não tem problema algum”, explica Sintia Martins Bastos, irmã dele.

Sanderley é formado em engenharia e trabalha como gerente operacional em uma empresa de rastreadores, no bairro Água Branca, em Contagem. Luciano Silva de Souza, amigo de Sanderley há 15 anos, busca uma explicação para o sumiço, mas não consegue encontrar nenhum motivo específico.

“Ele é um cara batalhador, não tem contato nenhum com o mundo do crime. Ele só pode ter surtado e saído sem rumo. Um amigo nosso foi a última pessoa a conversar com ele por mensagem. Disse que estava normal, sem nenhuma conversa estranha”, informa Luciano.

Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro de Sanderley, deve entrar em contato com Sintia (31- 99954 2058) ou Luciano (31- 99167 3943).

Fonte do link