Faculdades particulares dizem que país pode ter apagão de mão de obra

Associações de faculdades particulares enviaram uma carta a Bolsonaro dizendo que estão preocupadas com os estudos para acabar com as deduções dos gastos com educação no Imposto de Renda. Segundo o cálculo das empresas, mais de 90% dos beneficiados com as deduções estão nas classes média e baixa.


“Nosso setor já vem impactado pela pandemia. Se houver mais choque com a carga tributária, desestimulando as pessoas a optarem pela escola particular, o estado terá de investir mais em ensino. Vamos ter gente deixando de estudar e o país pode ter apagão de mão de obra em alguns anos”, diz Celso Niskier, diretor presidente da Abmes (associação de mantenedores do ensino superior).
Leia mais (09/16/2020 – 13h09)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 + um =