Exército e bombeiros capacitam Defesa Civil a desinfectar áreas de aglomeração


Cerca de 80 representantes das defesas civis de 14 municípios mineiros participaram na manhã dessa quinta-feira (9), da parte prática do treinamento de desinfecção de áreas de grande aglomeração na estação Bernardo Monteiro, no bairro Santa Efigênia, na região leste de Belo Horizonte.

A capacitação teve início na última terça-feira (7). Com duração de três dias o treinamento foi ministrado por militares do Exército Brasileiro e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Na atividade prática, última etapa do curso, os representantes das defesas civis municipais aprenderam o procedimento adotado para a desinfecção das áreas.

Com máscaras, roupas e equipamentos especiais, eles foram divididos em grupos. O primeiro, sob o comando dos militares ficou responsável por aplicar os produtos de higienização, já o segundo – que entrou em cena cerca de 10 minutos depois para que os produtos químicos agissem sobre o espaço – ficou responsável por jogar água no local.

De acordo com o general Altair Polsin do Exército Brasileiro, uma equipe de especialistas foi trazida do Rio de Janeiro para promover a capacitação na capital. 

“Trouxemos uma equipe de especialistas em defesa química, biológica, radiológica e nuclear do Rio de Janeiro para participar juntamente com especialistas do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais para abordar tópicos importantes do combate ao Covid-19. Nessa capacitação eles tiveram conhecimento sobre os riscos do Covid-19, os meios de descontaminação, os equipamentos de proteção individual e processos de como fazer essa descontaminação em locais públicos”, explicou.

Segundo o coronel Rodrigo da Defesa Civil do Estado o objetivo do treinamento é de que os participantes do curso multipliquem o conhecimento e capacitem outros profissionais em outras cidades.

“Nós mobilizamos cerca de 80 pessoas e elas vão levar essa expertise, esse aprendizado para poder utilizar na sua cidade e em outras macro regiões do Estado. É a capacidade de levar a informação técnica de como as pessoas podem estar de mobilizando”, pontuou.

Para a desinfecção dos espaços, o produto utilizado é água sanitária diluída em água, produto químico muito utilizado em casa para a limpeza. O objetivo é de que além das estações de ônibus, rodoviárias, estações de metrô e outros espaços públicos passíveis de aglomeração no Estado também sejam alvos da higienização, para o combate à Covid-19.

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 2 =