Estados dos EUA alegam que Google preservou monopólio na Play Store ilegalmente



Até a noite de quarta-feira (7), 37 estados norte-americanos processavam o Google sob a alegacão de que a empresa pagou competidores e usou contratos restritivos para manter, de maneira ilegal, um monopólio nas lojas de aplicativos de celulares com sistema operacional Android.
Leia mais (07/09/2021 – 16h42)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários