Espero viver para ver o COB refletir os valores olímpicos



Para nós, do hemisfério sul, o começo do ano traz o descanso merecido depois de um ano intenso de trabalho. Para os desavisados, janeiro parece ser aquela calmaria sem fim de um mês de férias de verão.

O trânsito na cidade flui como nas pacatas cidades do interior. As pessoas andam mais devagar, e parece até que o dia tem bem mais do que 24 horas. A calmaria só é quebrada quando as nuvens começam a se acumular, anunciando as águas que no final da tarde lavam calçadas, jardins, corações e mentes.

Se para alguns isso sugere higiene e limpeza, para outros chuva é tempestade e provoca desabamentos e destruição. Água é elemento fluído que carrega consigo tudo aquilo que está pela frente. Às vezes limpa, outras tantas mata. Mar de lama é a expressão que anuncia uma enxurrada de denúncias e novidades pouco agradáveis.
Leia mais (01/11/2020 – 02h00)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

catorze + dez =