Enzima de fungo amazônico otimiza etanol de segunda geração


Pesquisadores da Unicamp identificaram no fungo amazônico Trichoderma harzianum uma enzima capaz de degradar biomassa.

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários