Em operação contra jogos de azar, PM prende 12 e apreende 60 caça-níqueis


Com objetivo de combater atividades de jogo de azar, a Polícia Militar (PM) realizou a operação “Fecha Batalhão – Pioneiro” ao longo desta sexta-feira (9) no centro de Belo Horizonte. Ao todo, foram presas 12 pessoas e apreendidas 60 máquinas de caça-níqueis. Também foi recolhido R$ 2.500 em dinheiro e cumprido um mandado de busca e apreensão.

Dentre os locais fiscalizados pela corporação, chamou a atenção um estabelecimento localizado à rua Espírito Santo, onde foram apreendidas 32 máquinas e presas 2 pessoas que trabalhavam no local. “Parecia um cassino. Lá havia bar e banheiro, uma boa estrutura”, descreve o tenente à frente da Operação, Washington Amaral.

O espaço funcionava durante o dia, mas nenhuma pessoa jogava no momento da fiscalização policial. O tenente diz que o local já vinha sendo investigado pela corporação há vários dias, mas não soube informar há quanto tempo estava em operação.

Tanto as pessoas presas quanto o material apreendido foi encaminhado para a Central de Flagrantes II da Polícia Civil.

 

Fonte do link