Em ano desgraçado, Emmy se volta para temas atemporais e faz série canadense triunfar

Em tempos de enorme desconforto, o Emmy, principal premiação da TV americana, preferiu jogar na zona de segurança e escolher séries atemporais para contemplar. Dificilmente poderia ser mais previsível e sem graça, embora seja difícil recriminar apostas seguras em um ano de pura incerteza.

O trunfo da noite coube a “Schitt?s Creek”, uma sitcom produzida pela canadense CBC que chegou ao fim neste ano após seis temporadas e acompanha as desventuras de uma família amalucada que perde sua fortuna e tem de se reenquadrar.

Famílias amalucadas são o tema de 70% das sitcoms, algumas melhores (“Arrested Development”, “Os Simpsons”) e outras mais chochas (“Três É Demais”). A fórmula, que parecia vencida, talvez faça sentido quando estamos todos presos em nossas casas encarando esse intensivão de convivência como desafio.
Leia mais (09/21/2020 – 09h46)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 + onze =