Economistas em Davos preveem alto risco inflacionário e reversão da globalização no mundo

A Guerra da Ucrânia e as decorrentes pressões inflacionárias, combinadas ao temor de menor crescimento na China e à crise energética, vão provocar novos solavancos na economia global e adiar uma recuperação pós-pandemia, com riscos de escalada de preços especialmente nos países latino-americanos e nos Estados Unidos, afirmam economistas.

O alerta está em um relatório de tom marcadamente sombrio assinado por um grupo de 47 nomes destacados em grandes bancos e multinacionais afiliados ao Fórum Econômico Mundial e distribuído nesta segunda-feira (23) no encontro anual da entidade em Davos (Suíça).
Leia mais (05/23/2022 – 11h26)

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários