É confiar no jovem Weverton


Alô Nação Azul ! Sabemos que nenhum jogador pode estar acima do clube, mas no caso do zagueiro Manoel a questão não é essa. O pedido do defensor  para deixar o clube e não jogar o clássico está sendo compreendido de várias maneiras pelo torcedor.

Para muitos a diretoria teve tempo de discutir e de negociar uma renovação de contrato com o atleta, evitando assim que o desfecho fosse esse, justamente no sábado, véspera do clássico.

Por fim, o torcedor também condena o jogador pela atitude de não enfrentar o Atletico. Mas aí é uma decisão pessoal. Não importa quem está certo ou errado, o que fica dessa situação é que o Cruzeiro perde a sua principal referência na defesa, não só pela experiência mas também pela qualidade do seu futebol.

Manoel foi dos poucos que se salvaram na campanha do ano passado e não ter o zagueiro  para a disputa da série B deste ano é, no mínimo, preocupante. Que o jovem Weverton se firme e dê conta do recado. A começar por hoje, no clássico contra o Atletico. É muita  responsabilidade para um garoto de 18 anos, mas ele já mostrou personalidade e futebol de gente grande nas duas oportunidades que teve com Felipe Conceição. Quem sabe venha hoje a consagração definitiva do jovem zagueiro.

Fonte do link