Diversão: veja o que fazer nas férias escolares em BH



As tão aguardadas férias escolares começaram nessa sexta-feira (16/7) para os estudantes de Belo Horizonte. Para quem passou mais de um ano em atividades virtuais e sem poder circular, o momento é de retomada aliada à diversão. Aos poucos, os espaços culturais e de lazer vão reabrindo suas portas, com restrições devido à pandemia, mas oferecendo opções presenciais e virtuais para todos os gostos.
 
Alguns espaços estão elaborando programações específicas para o período, devido o pouco espaço de tempo entre a flexibilização que permitiu a reabertura. É o caso do Museu de Artes e Ofícios, na Praça Rui Barbosa (Praça da Estação), no Centro de BH. 
 
Gabriela Araújo Batista, supervisora técnica do setor educativo do Museu, conta que as oficinas oferecidas nesses períodos específicos serão readeaquadas para a nova realidade. Mesmo assim, o museu está funcionando e convida as crianças para que o visitem. "Realizaremos visitas e diálogo mais focados ao público infantil, que comparece em maior número nessas épocas." A casa estará funcionado, a princípio de quinta a sábado entre 11 e 16h.

O Museu dos Brinquedos, na Avenida Afonso Pena, 2564, Funcionários, que permaneceu fechado por longo período de pandemia, também já anuncia sua programação. Tatiana Camargo, diretora-executiva da casa, disse que as experiências adquiridas nos poucos períodos de abertura (em outubro de 2020 e início deste ano), permitiram a organização de protocolos para uma programação de férias. 
 
O museu funcionará de segunda a sábado em três horários distintos: das 10h30 às 12h,  das 13h às 14h30 e das 15h às 16h30. Essa dinâmica permitirá as atividades com grupos pequenos, com prioridade a grupos familiares, que deverão agendar com antecedência pelo site. "Todas as brincadeiras e atividades presenciais serão direcionadas a grupos familiares separados uns dos outros. Dentro dos padrões de exgiência sanitária", explica Tatiana Camargo. A programação muda a temática a cada dois dias.
 
A segunda edição do curso de férias promovido pela Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB), reunindo 24 instituições de conservação do ambiental, entre elas o Jardim Zoológico de Belo Horizonte, começou na segunda-feira, dia 12, e vai até 1º de agosto.
 
Intitulada "Instituições de Conservação Unidas pela Educação" e este ano sob o tema "Tô de acordo", a programação do curso é 100% on-line e gratuita, com foco nas espécies ameaçadas de extinção contempladas no Acordo de Cooperação Técnica firmado entre AZAB e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no ano de 2018. 
 
No dia 30 de julho, o Zoológico de BH oferecerá a atividade "Nessa mata tem cachorro?", apresentando o cachorro-do-mato-vinagre, espécie ameaçada de extinção. Será um vídeo educativo que apresentará as características, hábitos, alimentação, local onde vive, além de abordar as principais ameaças a que essa espécie está submetida e, também, quais medidas devem ser adotadas para ajudar na sua conservação. 
 
Serão diversos conteúdos voltados para a sensibilização e educação ambiental, como vídeos, jogos e atividades educativas para impressão. As atividades serão disponibilizadas de acordo com o cronograma, nas plataformas oficiais da AZAB: Instagram (@azab_oficial), Facebook (@SociedadeZoologicosBrasil), site (www.azab.org.br) e canal do YouTube (Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil).

Espécies que receberão destaque 

Quem acessar, poderá ver o sauim-de-coleira, sagui-da-serra-escuro, onça-pintada, tamanduá-bandeira, jacucaca, jacutinga, tubarão-lixa, tubarão-mangona, cachorro-vinagre e a jararaca-da-ilha-vitória. 
 
Para quem, preferir atividades ao ar livre, os 76 parques da cidade estão recebendo visitantes, alguns com exigência de agendamento prévio.

Como funcionarão os parques em BH

A Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica alerta os visitantes que fiquem atentos às datas de funcionamento e de agendamento prévio para garantir o fluxo de pessoas, com segurança e conforto. Ele é gratuito e deverá ser feito a partir do endereço: https://prefeitura.pbh.gov.br/fundacao-de-parques-e-zoobotanica/parques . Nele se encontram a localização e os horários de funcionamento de cada um desses espaços públicos. Os ingressos são disponibilizados de forma gradativa ao longo da semana. 
 
Alguns parques estão reabertos sem a necessidade de agendamento para visitação. São parques com menor taxa de visitação e cuja demanda de uso é local, ou seja, cujos visitantes são majoritariamente os moradores do entorno. 
 
A visita deve ocorrer exclusivamente em família (pessoas que convivem no mesmo lar). Deve ser mantido e respeitado o distanciamento físico dos demais visitantes, bem como adotadas medidas sanitárias individuais adicionais (como uso de máscara cobrindo nariz e boca e higienização frequente das mãos com álcool 70%). 
 
A Fundação de Parques alerta que o uso de máscara cobrindo a boca e o nariz é obrigatório durante toda a permanência dentro do local. Não é permitido realizar eventos nos parques durante a pandemia de COVID-19.
 

Veja abaixo quando estarão disponíveis os ingressos para o dia que você procura

– Para as visitas de quintas-feiras, os ingressos serão disponibilizados a partir das terças-feiras, entre 8h e 8h30.
– Para as visitas de sextas-feiras, os ingressos serão disponibilizados a partir das quartas-feiras, entre 8h e 8h30.
– Para as visitas de sábados, os ingressos serão disponibilizados a partir das quintas-feiras, entre 8h e 8h30.
– Para as visitas de domingos (a partir de 2/5/2021), os ingressos serão disponibilizados a partir das sextas-feiras, entre 8h e 8h30.
 
Nas segundas-feiras, não é possível a retirada de ingressos e o sistema pode passar por manutenção.

Museu dos Brinquedos

Avenida Afonso Pena, 2564 – Funcionários 
Atividades nos horários pré agendados: 10h30 as 12h,  de 13 as 14h30 e de 15h as 16h30.
https://www.sympla.com.br/eventos?s=museu%2bdos brinquedos&tab=eventos

Confira a programação que será alterada a cada dois dias

http://www.museudosbrinquedos.org.br/programacao
 

Confira os convidados especiais

17 e 19/07: Alice e Chapeleiro Maluco
20 e 21/07: Barbie e Batman
22 e 23/07: Emília e Visconde de Sabugosa do Sítio do Pica-Pau Amarelo
26 e 27/07: Super Mario Bros.
28 e 29/07:  Amigos da Turma da Mônica
 

Outras programações

– Algumas atividades virtuais e presenciais, para quem não quiser ou não se sentir seguro em sair de casa. Programações dos museus do Circuito Liberdade podem ser vistas aqui no http://www.circuitoliberdade.mg.gov.br/pt-br/programacao-br
– Compõem o Circuito Liberdade o Espaço do Conhecimento UFMG, Mineiraria, MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, Memorial Minas Gerais Vale, Centro Cultural Banco do Brasil, Casa Fiat de Cultura, Academia Mineira de Letras, Centro Cultural Unimed-BH.
 

Veja algumas das atividades virtuais e presenciais nas férias do Circuito Liberdade

17 de julho, sábado
Lugar de criação: oficina de artes
Exercícios de experimentação de materiais, sons e movimentos em processos artísticos voltados à criação de imagens. Para adquirir ingressos, entre no site do CCBB e clique na cidade cidade de Belo Horizonte. Horário: 15h
24 de julho, sábado
Construindo um berimbau caseiro
O educador Márcio Rogério ensina a construir um berimbau, um dos principais instrumentos utilizados na capoeira. Na atividade, os participantes utilizarão materiais recicláveis para a confecção do instrumento.
Oficina virtual no canal do YouTube das Fábricas de Cultura- Horário: 10h
Lugar de criação: oficina de histórias
Encontros de leitura mediada de livros ilustrados, seguidos pela criação de narrativas de invenção com imagens e textos reunidos em publicações artesanais. Encontro gratuito e presencial nas unidades do CCBB. Ingressos pelo site do Circuito Liberdade. Horário: 15h
 
31 de julho sábado
Lugar de criação: oficina de saberes
Encontros de produção de narrativas a partir dos imaginários culturais dos participantes, em diálogo com a cidade onde vivem e as exposições em cartaz. Encontro gratuito e presencial nas unidades do CCBB. Ingressos pelo site do Circuito Liberdade. Horário: 15h
 

Ensino remoto 

A Secretaria Muncipal de Educação de Belo Horizonte (Semed-BH) informou que as aulas presenciais não acontecerão no período de 19 a 31 de julho, mas o ensino remoto continuará garantido por meio de atividades disponibilizadas previamente para os estudantes.
 
De acordo com nota da Semed, "esse período de recesso é necessário e ocorre em julho, tanto na rede pública quanto na rede privada, considerando que os acordos coletivos de todas as categorias funcionais de escolas públicas e privadas preveem o recesso em julho. É importante considerar ainda que a retomada de atividades presenciais, em um sistema de atendimento híbrido, que envolve o ensino remoto e também a possibilidade de aulas presenciais é uma continuidade do semestre letivo iniciado em fevereiro de forma remota." 

Fonte do link

Compartilhe:

Comentários