Disputa entre primos no Recife descamba para ataques, rachas familiares e guerra jurídica



O ninho da família mais tradicional da política pernambucana está em guerra. Depois de um primeiro turno em banho-maria, os primos Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB), neta e bisneto do ex-governador Miguel Arraes, protagonizaram nesta reta final a disputa eleitoral mais dura que o Recife já viu.

Teve de tudo: panfletos apócrifos distribuídos em igrejas, guerra de liminares na Justiça com suspensão de propagandas eleitorais dos dois lados, utilização de servidores públicos na campanha, áudios no submundo da internet e ainda a entrada em cena, aos 45 do segundo tempo, da avó de Campos e tia de Marília, Ana Arraes, ministra do TCU (Tribunal de Contas da União).
Leia mais (11/28/2020 – 11h05)

Fonte do link