Dez estados retomam aulas presenciais em fevereiro com reforço e distanciamento entre alunos



Mesmo diante do avanço da pandemia de Covid-19 em todas as regiões brasileiras, governos de pelo menos dez estados preveem o retorno de aulas presenciais a partir do próximo mês com algum tipo de reforço e distanciamento entre os alunos. Outros seis estados, incluindo o Distrito Federal, só vão começar em março.

Desses que retomam as atividades já em fevereiro, cinco – São Paulo, Ceará, Paraná, Maranhão e Acre – devem adotar o modelo híbrido de ensino, que mescla aulas online e presenciais.

O estado de Goiás foi o único que já iniciou o ano letivo de 2021. As aulas também no formato híbrido foram retomadas na segunda-feira (25).

Em alguns estados, a exemplo do Amazonas, que vive um colapso do sistema de saúde, ainda há indefinição em relação à data de retorno nas escolas públicas.

Em São Paulo, o agravamento da pandemia levou o governador João Doria (PSDB) a adiar em uma semana, para 8 de fevereiro, o início das aulas presenciais na rede estadual. Professores e funcionários da educação, no entanto, devem comparecer presencialmente já na primeira semana do mês para atividades de formação sobre os protocolos sanitários.
Leia mais (01/27/2021 – 12h05)

Fonte do link