Deltan diz não ter relação com juíza que condenou colunista em ação movida por procurador



O procurador Deltan Dallagnol, ex-coordenador da operação Lava Jato no Paraná, afirmou nesta sexta-feira (4) que não possui relação com o procurador Daniel Holzmann e que não se recorda de ter tido qualquer contato com a esposa dele, a juíza Sibele Coimbra.

A magistrada homologou sentença que condenou o colunista Reinaldo Azevedo a pagar R$ 35.000 por danos morais praticados contra Dallagnol em artigos. Em coluna desta sexta, na Folha, o jornalista afirmou que Sibele deveria ter-se dado por suspeita para julgar o caso.

Deltan afirmou que só teve conhecimento de que a juíza é mulher de seu colega nesta sexta, pela imprensa, e disse lamentar as “agressões injustas” de Azevedo à magistrada e ao Judiciário.
Leia mais (09/04/2020 – 20h46)

Fonte do link

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × 4 =