Decisão do governo de SP vai fazer Sada não se deslocar nas quartas de final

[ad_1]

A situação da pandemia no Estado de São Paulo, que fez o governador João Dória decidir a realização de partidas oficiais de qualquer modalidade esportiva, vai fazer o Sada Cruzeiro jogar em casa como ‘visitante’.

O time celeste vai enfrentar o Vôlei UM Itapetininga (SP) nas quartas de final da Superliga, com o primeiro jogo acontecendo com mando de quadra dos mineiros, no sábado, às 16h30, no ginásio do Riacho, em Contagem. 

O segundo jogo, na quarta-feira (17), que seria no interior paulista, voltará a ser no Riacho, assim como um possível terceiro duelo. 

A situação deve ser confirmada ainda nesta sexta-feira, após reunião dos times com a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). As diretorias já acertaram o acordo, faltando apenas a oficialização. O Cruzeiro vai arcar com os gastos de hospedagem do adversário. 

Situação idêntica aconteceu com o Itambé Minas, líder da Superliga feminina, que vai encarar o Brasília (DF), nas quartas de final. O clube de BH já oficializou que os dois primeiros jogos vão acontecer na Arena Minas, assim como o possível terceiro encontro. 

O caso pode se repetir em quase todos os duelos das quartas de final. Dos oito confrontos, seis contam com times paulistas. 
 

Fonte do link

[uam_ad id="6960"]